Domingo, 24 de Dezembro de 2006

Até ao topo (novamente)

000tkhf9

000tpdze

000tqryf

000tr3c1

000tspte

000ttze9

000tw63c

000txrdw

 

 

Apenas um dos duros em mais uma subida até ao alto do Talefe (ponto mais alto da Serra da Cabreira), realizada esta manhã.

Para ver este mesmo passeio - mais coisa menos coisa - no ano passado, aqui, e a ultima vez que lá fomos, aqui.

 

PM disse:

"

Realmente foi um bom passeio, pena é que as fotografias não mostrem tudo, pois foram tiradas com o telemóvel já que a máquina “foi-se”; foi um bom passeio apenas algo atribulado no fim com um furo na roda de trás. Aparte isso foi muito bom ir até lá acima, a sentir o frio e o vento, parar para fotografar, ver a paisagem e até para caminhar um pouco, tudo para passar uma manhã em cheio e aproveitar para por as ideias em ordem. Depois de consertado o furo voltarei a pedalar; sozinho ou acompanhado, depende dos duros.

"

voltas do clube: ,

Vila de Ruivães às 14:06

editado por Biker NF em 13/02/2008 às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2006

...

000sf63z

000sg7eb

000shgry

000skb4c

000spfsc

000sqy4z

000srgg8

 

Apenas um dos duros numa volta de pouco mais que 15 km, que teve muitas paragens para tirar fotografias e que por isso demorou cerca de duas horas.


Vila de Ruivães às 18:18
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

Testes em S. Lourenço

Desta feita e visto que nem todos os "duros" estão disponíveis a volta não foi na Cabreira, mas sim na Serra do Gerês, mais propriamente em S. Lourenço, num total de cerca de 23 km.

A saída foi de Frades pelo estradão antigo que liga Saltadouro à Misarela. Junto à Ponte de Frades fez-se um corte pelo alcatrão. Esta primeira fase foi para ver o comportamento da Bike em terrenos mais planos. Este não é dos nossos terrenos favoritos, mas para fazer o teste foi necessário. Daí até S. Lourenço foi sempre a subir durante alguns kms. Ainda houve tempo para uns saltos na Srª das Neves. A bike comportou-se bem.




Na chegada  a S. Lourenço teria que se procurar um estradão em terra para subir, de preferência técnico. Lá se encontrou um que passa pelo centro do Lugar e vai dar a Lapela. Como foi bom para subir, melhor seria descê-lo! Assim foi e a alta velocidade. Novamente em S. Lourenço havia a dúvida em encontrar o caminho certo para Cabril, mas sempre pelo monte! Pedida a informação aos populares, foi indicado o melhor estradão. Lá diziam eles "olhe que o caminho é muito inclinado e tem muitas pedras, não sei se passa!". Era isso que se queria ouvir. Mas conversa puxa conversa e o pior era descer. Já havia presunto, vinho e mais que houvessse. A pressa é que era muita e ficou para uma próxima. Muito boa gente, como por exemplo o sr. João, a srª Maria da Laja e o seu marido Lourenço...





Foi iniciada a descida - mas ainda houve tempo para mais um engano - e daí até à Ponte de Frades foi um "abrir e fechar de olhos". Depois só restava fazer a subida até ao túnel.

Valeu a pena!

Biker NF às 12:11
link do post | comentar | favorito
Sábado, 2 de Dezembro de 2006

Primeiras impressões

000s3754

 

A espera chegou hoje ao fim com a aquisição de novas bikes . O teste às mesmas foi efectuado num percurso curto, de apenas onze quilómetros , entre a Botica e Campos, regressando na escuridão da noite pelo alto da Botica, em mais um percurso que é do agrado do elementos do RCC . Ficamos a aguardar os relatos na primeira pessoa.

 

000s4cff

 

PM disse:

"

sim, fui um bom teste às novas máquinas, a provar que esta mudança já devia ter ocorrido há algum tempo.

da minha parte posso dizer que com esta nova bike sinto-me muito mais à vontade do que com a minha "ex" e isso ficou bem provado, primeiro no trilho entre Campos e a Botica e depois já nas lages ao chegar à botica.

mas foram só as primeiras impressões; teremos tempo para muito mais!!!
"
Biker NF disse:
"
Gostei especialmente do comportamento nas descidas. Porém também fiquei surpreendido na subida. Não deu para ver o verdadeiro comportamento dos travões, nem o comportamento em singletracks mais rápidos. Qunaro aos pneus confesso que foi o que gostei menos. Mas esse é o mal menor. No entanto esta primeira impressão é de five stars. Parece sem dúvida uma boa máquina.
"

Vila de Ruivães às 19:01
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.Passeios recentes

. Pedalar a par, novamente

. A primeia incursão 2011

. Passagem para 2011

. Volta ligeira de sábado à...

. Volta de domingo de manhã...

. Volta de sábado de manhã

. Regresso

. Soutelinho da Raia

. Outras pedaladas

. Maratona de Portalegre

.Links

.Pedaladas anteriores

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28